CANTINHO DOS DESABAFOS

Este Blog destina-se a distrair-me nos meus momentos de algum lazer... Como sabem, deixei de postar há mais um menos um ano, pois a minha vida não me permitia, mas agora que estou mais livre, não deixarei de alimentar o Blog e comentar nos Blogs que se dignarem visitar-me. Estou muito sozinha e gostaria que me visitassem! Sejam bem vindos!Vou fazer o possível para também vos visitar! Muito obrigada a todos os que por aqui passarem.

segunda-feira, junho 16, 2008

Etiquetas:

6 Comentários:

Às 2:46 da tarde , Blogger Madalena disse...

Menina! Que chorinho o seu!

Aqui estou para lhe dar um abraço, com carinho,

Voltarei sempre que possa e veja lá se começa a aprender a pôr os links...

Beijo para si,

 
Às 12:16 da tarde , Anonymous Alice disse...

Olá! Lindo Blog. Aqui estou eu a visitá-la. Gostei do que li.

 
Às 9:24 da tarde , Blogger fotógrafa disse...

Ó Mariana/Marianita, tens a certeza que não sabes linkar????...rsrsrs
ou tens preguiça???....rsrsrs...andas a brincar com toda a certeza...rsrsrs...cá por mim tudo bem, entendo....rsrsrs
abraço e vê lá se apareçes pelo meu condominio,pois pelo que vejo já sabes comentar...rsrsrs

 
Às 10:29 da tarde , Blogger Andre Moa disse...

No canto dos desabafos,
também vou desabafar:
cheguei aqui e gostei,
tanto que penso voltar.

Cara Mariana/Marianita,
agradeço a sua visita ao meu blogue olhar de xisto. Informo que já por lá há coisas novas.
Mil desabafos
André Moa

 
Às 8:29 da tarde , Blogger Andre Moa disse...

Mariana/Marianita,
basta de tanto rimar!
Com poesia tão bonita,
por certo eu vou chorar.

Não vou chorar.
Foi só para rimar
e
desabafar.

Abraços

André Moa

 
Às 11:09 da tarde , Blogger Andre Moa disse...

Cara Mariana/marianita, cá volto eu ao seu canto dos desabafos para agradecer a visita e o comentário e dizer que: a história, se calhar, é feita de estórias, e quantas vezes a história é uma autêntica estória. Mas esta estória, por acaso, é mesmo história, história de infância, que, por acaso, até parece uma estória, não é?
Mas, por acaso, não é. A comprovar que esta estória é mesmo história, está a foto que, juro, é autêntica, é histórica e não constitui, ela própria, uma estória.
Beijos
André Moa

nformar de que:

 

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial